Animais idosos ganham qualidade de vida com tratamentos alternativos

À medida que os animais de estimação envelhecem começam a aparecer vários tipos de problemas como artrites, artroses, hérnias de disco, lombalgia, obesidade e outras séries de complicações que causam muita dor e diminuem a qualidade de vida do pet.  A boa notícia é que há tratamentos que conseguem aliviar total ou grande parte das dores e garantir qualidade de vida para cães e gatos na velhice.

Para reabilitação animal, as terapias mais indicadas são fisioterapia e acupuntura.  De acordo com Claudia Lameirinha, médica veterinária do Instituto Veterinário Ortofisio – IVO, os dois tratamentos são indolores e muito eficientes no restabelecimento de lesões.

Para a realização de fisioterapia, o instituto possui aparelhos de última geração, nos quais, estimulam a regeneração celular, o crescimento de massa muscular e aliviam dores com maior eficácia do a que a ação da morfina. “Além dos aparelhos temos os tratamentos que são realizados na água com a hidroesteira aquática, que tratam obesidade, melhoram o condicionamento físico e promovem o restabelecimento mecânico do organismo após lesões. Trabalhamos também com cinesioterapia que são exercícios e as massagens terapêuticas”, contou Claudia Lameirinha.

Já a acupuntura é feita a partir de técnicas de agulhamento. O instituto utiliza ainda aparelhos de eletroacupuntura e laserpuntura. Há também técnicas de aquecimento e estímulos manuais dos pontos de acupuntura  e hemopuntura (técnica de retirada de sangue a aplicação nos pontos de acupuntura).

“Os benefícios tanto da fisioterapia quanto da acupuntura para tratar os problemas da terceira idade do animal são inúmeros, entre eles destaco a retirada da dor, restabelecimento das funções orgânicas e físicas do organismo, alívio do estresse e ansiedade. Com esses tratamentos, os pets terão muito mais qualidade de vida”, finalizou Claudia Lameirinha.

FOTO:  Divulgação

 

Read More