OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outubro Rosa: Brasil terá 60 mil casos de câncer de mama em 2019

Levantamento realizado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) revelou que o Brasil somará cerca de 60 mil novos casos de câncer de mama em 2019,  número que corresponde a 28% de todos os diagnósticos da doença registrados no país – o que faz dele o tumor mais incidente entre as mulheres depois do câncer de pele-não melanoma. Mundialmente os dados também são alarmantes: o câncer de mama afeta 2,1 milhões de pessoas por ano e é o quinto que mais mata, de acordo com o Globocan 2018, um estudo da Agência Internacional para a Pesquisa do Câncer.

Diagnóstico

Neste sentido, um dos principais mecanismos de controle e identificação da doença ainda é a mamografia que, de acordo com o INCA, deve ser feita por todas as mulheres com mais de 40 anos. Todavia, é justamente na adesão a este exame de imagem que está um dos entraves para vencer a doença. 

A Pesquisa Nacional de Saúde 2013 (PNS),  a mais recente disponível no Brasil, aponta que 3,8 milhões de mulheres de 50 a 69 anos nunca realizaram mamografia, o que corresponde a 18,4% da população feminina nessa faixa etária. O maior índice entre as grandes regiões fica no Norte (37,8%), contra 11,9% do Sudeste, que tem a menor taxa. 

“O primeiro e principal passo para combatermos a doença é o conhecimento. Temos que maximizar a exposição das informações para que cada vez mais mulheres e população em geral estejam conscientes da necessidade de realização da mamografia”, afirma Bruno Ferrari, oncologista e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Oncoclínicas.

A opinião do médico é endossada por um levantamento da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) que aponta para uma realidade diretamente relacionada à evolução nos índices de  envelhecimento da população: uma em cada 12 mulheres receberá o diagnóstico de um tumor nas mamas até os 90 anos de idade. E a importância das medidas voltadas à conscientização sobre o este tipo câncer ainda é justificada por mais um dado: as chances de cura chegam a 95% dos casos quando o tumor é detectado no início.

Por isso Ferrari é taxativo, o diagnóstico precoce é fundamental para as chances de recuperação dos pacientes. Ele lembra ainda que mulheres com histórico de câncer na família, ou seja, cujas mães, avós ou irmãs tiveram câncer de mama, devem iniciar o rastreio por mamografia mais cedo, aos 35 anos. 

“Cerca de 10% dos casos de câncer de mama estão associados a fatores genéticos hereditários, ou seja, transmitidos de pais para filhos. Nessas situações, o controle preventivo deve ser iniciado antes mesmo dos 40 anos por conta do risco aumentado”, explica.

Mudanças de Hábitos

Além de realizar exames preventivos com frequência, cultivar uma rotina saudável, de acordo com Ferrari, é a chave para reduzir as taxas de câncer de mama. Parar de fumar, buscar uma alimentação saudável e manter uma rotina de exercícios para ficar em forma estão, em geral, associados à vaidade e a beleza. A boa notícia é que essas e outras atitudes exercem também papel fundamental na prevenção do câncer de mama. 

“A prática regular de exercícios físicos e adoção de uma dieta alimentar balanceada são essenciais tanto para reduzir as chances de incidência do câncer de mama quanto para reduzir os riscos de recidiva da doença”, avisa. 

Segundo o oncologista, obesidade, sedentarismo e tabagismo estão entre os fatores evitáveis que podem contribuir para o surgimento da doença. 

FOTO: Divulgação

Read More
Group of people performing stretching exercise

Hospital do Câncer prepara ações para o Outubro Rosa

Em outubro, as ações de prevenção do câncer de mama se intensificam em todo o país e o Grupo Luta Pela Vida, a ONG do Hospital do Câncer em Uberlândia, preparou diversas atividades para o Outubro Rosa. As ações combinam palestras, atividades físicas e muita informação para disseminar a importância do combate ao câncer de mama, tipo de tumor que, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), deve atingir cerca de 58 mil novos casos entre 2016 e 2017 no Brasil.

Se incentivar a prática de exercícios físicos é um dos caminhos na prevenção, outros dois são o acompanhamento médico e a informação, que o Grupo buscou unir no programa “Pergunte ao Doutor”. A série, que será veiculada nas mídias sociais do Hospital, como a página do Facebook e o canal no You Tube, tem o objetivo de dar a oportunidade do público tirar dúvidas sobre o câncer de mama. As perguntas serão respondidas pelo mastologista do Hospital do Câncer, Juliano Cunha. Além do Pergunte ao Doutor, o Grupo lançará três vídeos informativos sobre o câncer de mama, que também serão disponibilizados nos canais de comunicação do Hospital do Câncer em Uberlândia.

A prevenção também estará dentro das empresas, com as palestras ministradas pelos pesquisadores do Núcleo de Prevenção e Pesquisa de Câncer (NUPPEC). Eles vão dar dicas e orientações de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Além disso, outra ação realizada nas empresas será feita em parceria com o SESI, durante as atividades de Ginástica Laboral.

FOTO: Divulgação

Read More

Mostra fotográfica “Heroínas” marca o Outubro Rosa no Uberlândia Shopping

Outubro é o mês de conscientização sobre o câncer de mama, doença que corresponde a 28% dos casos de câncer diagnosticados em mulheres por ano. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. Para alertar a população sobre a importância de fazer os exames preventivos de mama e de tratar corretamente caso o diagnóstico tenha sido positivo, o Uberlândia Shopping recebe até o dia 12 de outubro a mostra fotográfica ‘Heroínas’.

Em dezenas de cliques, o fotógrafo Mauro Marques fez os melhores registros com o intuito de levar arte, mas ao mesmo tempo de mostrar que a beleza está no enfrentamento da doença e na superação diária. “As mulheres fotografadas revelam garra e perseverança. São pessoas que não perderam a beleza e nem desistem da vida. Vestidas com fantasias de super-heróis, simbolizam a essência desse enfrentamento”.

Ao longo dos registros, Mauro Marques ouviu histórias e percebeu o quanto a família tem um papel importante ao longo do tratamento. “A família é o alicerce para que cada uma persista no tratamento, já que o incomodo causado pelas intervenções é desafiador. O importante para essas mulheres é que não desistiram na primeira dificuldade e nem no meio do tratamento e com a ajuda dos pais, esposo e filhos estão no caminho da cura”.

Para que o trabalho tivesse o resultado alcançado houve a parceria do Bouclé Salon; produção de Hedi Lamar Albino; making of de Dia D Filmes; fantasias do Ateliê de Sonhos; Lanches Padaria Doce Shop e impressão da Gráfica 2mL.

Modelos Pacientes:

Glauciene Morais Nascimento.

Ivania Garcia Camargos.

Josefa Rosa da S.Oliveira.

Neli de Souza Carvalho Rodrigues.

Jane Marcia de O. Borges.

Maria da Purificação da Silva Firmino.

Honória Aparecida de Araújo.

Rúbia Aparecida Alves Andrade Franco.

Maria Alves de Magalhães.

FOTO: Mauro Marques

Read More

OUTUBRO ROSA Palestra traz orientações sobre as demandas da mulher contemporânea

Feminilidade, saúde emocional e física, esses são uns dos assuntos que serão abordados na palestra “Outubro Rosa: Um encontro para mulheres”, que acontece  nesta quarta-feira, 19 outubro, às 19h, com a Terapeuta Sistêmica, Raissa Caixeta.

A palestra é gratuita e tem o objetivo de trazer orientações sobre as demandas da mulher  contemporânea, aliadas ao respeito à natureza feminina. A rodada de conversa acontecerá no Estúdio Junara Paiva, para melhorar a autoestima da mulher.

As inscrições podem ser feitas com Junara Paiva, Coach em Saúde e Bem Estar, pelo (34) 9 9192 1045.

FOTO: Divulgação

Agende-se

Palestra: Outubro Rosa: Um encontro para mulheres

Data: 19 de outubro

Horário: 19h

Local: Estúdio Junara Paiva – Avenida Princesa Isabel, 786.

Read More

OUTUBRO ROSA – Câncer de Mama representa 25% da incidência de tumores malignos na população feminina

O câncer de mama, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), é o mais frequente entre as mulheres no Brasil e no mundo, respondendo a 25% da incidência de tumores malignos na população feminina, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma. Na população masculina ele é raro, representando apenas 1% dos casos da doença.

No mês de outubro, por meio da campanha “Outubro Rosa”, uma série de iniciativas são voltadas para a conscientização da população sobre a importância do diagnóstico precoce. Segundo o mastologista do Hospital Santa Clara, Dr. Marcelo Holanda, a neoplasia mamária é uma doença multifatorial. “O câncer de mama apresenta vários fatores de risco para a sua ocorrência, entre eles estão o histórico familiar, os hábitos não saudáveis como sedentarismo, alcoolismo e tabagismo, reposição hormonal, mamas densas, obesidade, radioterapia prévia no tórax, menarca (primeira menstruação) precoce e a menopausa tardia”, explica.

O autoexame também é parte importante, para que a mulher possa perceber se alguns desses sintomas estão presentes. A realização da mamografia anualmente a partir dos 40 anos é o principal método de rastreamento e que permite a detecção de lesões antes mesmo que essas sejam palpáveis. “Quanto antes o diagnóstico for realizado, maiores são as possibilidades de cura e sucesso no tratamento, que pode envolver diferentes modalidades terapêuticas, como cirurgia, quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia (uso de bloqueadores hormonais)”, afirma o médico Marcelo Holanda.

Principais sintomas perceptíveis:

*Nódulos endurecido na mama e/ou axila

*Abaulamento

*Retração

*Edema (inchaço)

*Vermelhidão na pele da mama

*Secreção sanguinolenta espontânea pelos mamilos e inversão dos mesmos

FOTO: Divulgação

 

Read More

Clínica esportiva oferece atividades gratuitas em comemoração ao Outubro Rosa

A fim de alertar a população sobre a importância da atividade física para a prevenção ao câncer de mama, a clínica esportiva Core Fitness vai doar um mês de aulas gratuitas a mulheres acima de 30 anos.

Dados do Instituto Nacional do Câncer apontam que por meio da alimentação, nutrição e atividade física é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama. “Especialmente no ‘Outubro Rosa’ queremos reforçar que o exercício físico pode, potencialmente, prevenir ou ajudar a diminuir o risco de desenvolver o câncer de mama e oferecer essas bolsas para as mulheres melhorarem o condicionamento físico e terem hábitos mais saudáveis”, afirma a educadora física Flávia Andrade, da clínica.

As interessadas em ganhar o pacote de 30 dias de exercícios físicos gratuitos, deverão entrar em contato pelo número: (34) 3210-5945 e fazer as inscrições. Vagas limitadas.

 

FOTO: Divulgação

 

Read More
SONY DSC

OAB Uberlândia promove desfile de moda beneficente

Com o objetivo de arrecadar renda para as advogadas impossibilitadas de exercerem a profissão por causa do câncer de mama, a Comissão da Mulher Advogada da 13ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais (OAB/MG) realiza o III Desfile Juris Model. O evento, que faz parte da Campanha Outubro Rosa, acontece na próxima quinta-feira, 22 de outubro, às 19h, na Casa X.

O ingresso, no valor de R$ 10,00, está à venda na Sede da OAB e Salas de apoio da OAB. Crianças menores de sete anos não pagam entrada. “O objetivo do evento é arrecadar fundos para que possamos distribuir o valor entre as advogadas que se encontram com problemas de saúde e por isso sem condições de trabalharem”, diz a presidente da comissão Hélia Maria Pereira Azevedo.

FOTO: Divulgação

 

Read More

Center Shopping participa da campanha Outubro Rosa

Mais uma vez o Center Shopping se junta ao Grupo Luta pela Vida, ONG responsável pela construção, ampliação, manutenção e administração do Hospital do Câncer, para desenvolver atividades relacionadas à campanha mundial de conscientização e combate ao câncer de mama, conhecida como Outubro Rosa. Além das ações realizadas no Shopping, com o objetivo de mobilizar as pessoas para participar desta campanha, a Torre do UBT – Uberlândia Business Tower, no Complexo Center Shopping, está iluminada com vários tons de rosa chamando a atenção para a campanha durante todo o mês.

Atividades

– Dias 7 e 8/10 – Conscientização – questionários sobre riscos do câncer de mama e fotos na companhia de bonecos – Praça de Eventos, das 10h às 22h.

– Divulgação da 6ª Caminhada Contra o Câncer, no sábado, 17 de outubro, às 8h, no Parque do Sabiá

-Em comemoração ao Mês da Crianças, na semana do dia 19 de outubro, o Center Shopping e o Cinépolis recebem 50 crianças em tratamento no Hospital do Câncer para sessão especial de cinema

FOTO:  Divulgação

Read More
breastfeeding

Outubro Rosa: ações ajudam a prevenir e diagnosticar o câncer de mama

Outubro chegou e com ele as ações de alerta a respeito do câncer de mama com a campanha mundial Outubro Rosa. Segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2015, estima-se que no Brasil tenha 57 mil novos casos de câncer da mama, se caracterizando como o tipo de câncer mais comum entre as mulheres, depois do de pele não melanoma.

Em contrapartida, de acordo com a publicação inglesa The Lancet, o Brasil aumentou a sobrevida de pacientes diagnosticados com câncer de mama. A pesquisa atribui o resultado brasileiro à expansão do acesso da população aos serviços de saúde, como exames de detecção e tratamentos. “Hoje, sabemos que mulheres que fazem acompanhamento médico periódico têm um horizonte otimista, já que o diagnóstico precoce e o tratamento correto da maioria dos casos de câncer de mama, aumentam as chances de cura em mais de 90%”, explica a mastologista do Centro Oncológico do Triângulo (COT), Bianca Candeloro de Faria.

De acordo com a médica, na maioria dos casos, os sintomas do câncer de mama são: “O primeiro sinal da doença costuma ser a presença de um nódulo único, não doloroso e endurecido na mama. Outros sintomas, porém, devem ser considerados, como a deformidade e/ou aumento da mama, a retração da pele ou do mamilo, os gânglios axilares aumentados, vermelhidão, edema, dor e a presença de líquido nos mamilos”, explica Bianca de Faria.

FOTO: Divulgação

Read More

Outubro Rosa e Novembro Azul serão marcados com caminhada em Uberlândia

Hábitos saudáveis, prática de esportes e realização de exames periódicos são fatores importantes de prevenção de doenças como o câncer de mama e de próstata, que se descobertas e tratadas a tempo têm cura. Com o objetivo de conscientizar a população sobre o tema, o Grupo Luta pela Vida, ONG do Hospital do Câncer em Uberlândia, realizará no dia 17 de outubro, às 8h, no Parque do Sabiá, a 6ª Caminhada Contra o Câncer.  A atividade é uma das ações realizadas pelo Grupo em apoio ao Outubro Rosa e Novembro Azul, campanhas mundiais de prevenção contra o câncer de mama e próstata. A participação é gratuita.

O oncologista do Hospital do Câncer em Uberlândia, Rogério Araújo explica que estudiosos consideravam o cigarro como o principal fator de risco para desenvolver câncer, no entanto, hoje a obesidade está à frente e se torna problema maior que o cigarro no desenvolvimento de vários tipos de câncer como o de intestino, endométrio, mama, próstata e leucemia. “Muitas vezes a pessoa não fuma e nem bebe, mas é sedentária. Acreditamos que a atividade física e o IMC ideal ajudam na prevenção de riscos a tumores”, diz.

FOTO: Jornal Correio de Uberlândia

Read More