Abertas inscrições para o 5º Prêmio Sesi de Literatura

 Até 18 de maio estão abertas as inscrições para o 5º Prêmio SESI de Literatura. Iniciativa do  SESI/MG, o Prêmio tem como objetivo reconhecer o talento literário do trabalhador da indústria promovendo sua inteligência, criatividade e sensibilidade. A inscrição é gratuita.

O Prêmio abrange duas categorias: prosa pra quem é de histórias e verso pra quem é de poesia. A temática é livre e podem participar tanto os trabalhadores da indústria como os seus dependentes diretos e os jovens aprendizes estudantes do SENAI. Cada candidato poderá participar, representando sua indústria, em uma única categoria e com apenas um texto literário.

Todo ano o SESI seleciona 15 autores de cada categoria para concorrer aos primeiros prêmios. Os 30 autores selecionados têm os seus textos publicados no livro SESI Literatura em Prosa e Verso, que é lançado no dia da premiação com direito a sessão de autógrafos e uma linda festa que acontecerá no dia 05 de agosto de 2018, no palco do Teatro SESIMINAS em Belo Horizonte.

Os prêmio para cada categoria são de R$ 6 mil para os vencedores, R$ 4 mil para as segundas colocações e R$ 3 mil para os terceiros.  Além disso, os autores selecionados são convidados para estar com a equipe de cultura do SESI por dois dias em BH, para uma rica programação cultural literária, incluindo o Sarau na Academia Mineira de Letras, parceira do prêmio e responsável pela escolha dos textos premiados.

Para Rute Assis, gerente de Cultura do Sistema FIEMG, o projeto de aliar a cultura e, especificamente, a literatura como formas de aumentar a competitividade do industriário está alinhado com o objetivo de aumentar a competitividade da indústria em nosso estado.

“O esforço feito ao longo das edições do Prêmio Sesi de Literatura visa trazer mais qualidade de vida e, principalmente, aumentar a capacidade crítica, analítica e, consequentemente, produtiva de nossos trabalhadores, uma vez que um funcionário melhor preparado e consciente tende a produzir mais e melhor,” finalizou.

Informações:

Período de inscrições: 20 de fevereiro a 18 de maio de 2018

Quem pode participar:
– Trabalhadores das indústrias do estado de Minas Gerais e seus dependentes diretos (filhos/cônjuges), maiores de 14 anos;

– Estagiários e jovens aprendizes podem participar desde que os mesmos possam comprovar vínculo contratual em vigência considerando a data de realização do evento de premiação do 5º Prêmio SESI de Literatura.

Como se inscrever: O candidato deverá redigir seu texto em uma das duas categorias do 5º Prêmio SESI de Literatura – Prosa ou Verso.

Mais informações: http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/premio-sesi-literatura

FOTO: Divulgação

Read More

Calendário 2018 terá poemas e obras de artistas da região

Artistas plásticos e escritores regionais terão uma chance de divulgar gratuitamente parte de suas obras. A Secretaria Municipal de Cultura abre, na próxima semana, as inscrições para o Concurso Calendário 2018, que reunirá uma coletânea de poemas e produções visuais para estamparem calendários para o próximo ano.

O objetivo da iniciativa é dar visibilidade à produção de artistas locais, além de propiciar a democratização e valorização das linguagens artísticas e popularização da arte. Com o tema ‘Nossa Gente’, o conteúdo inscrito deve abordar, de alguma maneira, as características culturais que marcam a população da cidade.

O programa selecionará 12 trabalhos de artistas visuais, nas modalidades pintura, fotografia, desenho e gravura. A seleção será feita com base em critérios de qualidade técnica da imagem, qualidade artística e fidelidade ao tema.  Além disso, serão selecionados outros 12 poemas de, no máximo, 14 versos, com até 25 caracteres por linha.  As obras literárias serão avaliadas dentro dos quesitos originalidade, qualidade literária, qualidade poética e fidelidade ao tema.

As inscrições poderão ser realizadas a partir da próxima segunda-feira (13) e vão se estender até o dia a 17 de novembro 2017. Os interessados devem se dirigir à Casa da Cultura, de segunda a sexta-feira, das 13 às 18h. O espaço fica na Praça Coronel Carneiro, nº 89, bairro Fundinho.

FOTO: Divulgação

 

 

Read More

Sarau Gotas Poéticas faz homenagem ao contista Luiz Duarte

Frequentador assíduo do Sarau Gotas Poéticas, que acontece toda última quinta-feira do mês, o dentista aposentado e contista Luiz Duarte  de Ulhoa Rocha é o homenageado da 72ª edição do evento que acontece nesta quinta-feira, 25 de maio, às 19h, na sede da Assis Editora (rua José Antônio Teodoro, 76, bairro Aparecida). Surpreso com a homenagem, Luis disse que se sentiu honrado.

 

Luiz Duarte é um amante da leitura e da escrita. Lançou no fim do ano passado o livro “O gato sommelier”. Quando atuava como dentista, sempre tinha um tempinho entre um cliente e outro para escrever para jornais de Uberlândia. Foi colunista nos jornais Correio de Uberlândia e O Triângulo e ainda escreveu para o jornal de Ribeirão Preto, onde estudou.

O homenageado conta que aprendeu a ler aos cinco anos e que seu lugar preferido era a biblioteca da escola em que sua mãe era vice-diretora, hoje a Escola Estadual Doutor Duarte Pimentel de Ulhoa – avô de Luiz. As primeiras leituras foram as obras de Monteiro Lobato e ele logo se apaixonou pelos personagens fictícios, que gostava de interpretar. “Sou contista, pois invento as histórias baseadas em coisas que ouço ou presencio no dia a dia, isso desde a infância”, afirma.

Além da homenagem, o Sarau desta quinta-feira, que tem como tema “Fazendo de conto” contará com a apresentação musical de André Fejó e com a participação das poetas e contistas Leninha Tacon, Renata Correa e Sirley Mendes. A entrada é gratuita.

FOTO: Assis Editora

 

Read More

Que amor é esse?

POR: Margareth Castro – Siga no Instagran: @notaseprosas

Que amor é esse…

Que arranca suspiros,

Que me tira o sono

E põe lagrimas nos meus olhos?

 

Que amor é esse…

Que faz doer o peito

E as pernas tremerem,

Faltando o chão?

 

Que é amor é esse…

Que me pega sem jeito

E me vira do avesso?

 

Que amor é esse…

Que invade os meus sonhos

E desperta desejos?

 

Que amor é esse…

Que não está comigo,

Em seus braços?

Que amor é esse?

 

Read More

Sem Você!

POR: Margareth Castro – siga no Instagran: @notaseprosas

Quando tinha você, um arco-iris vivia em mim.

Minha vida era um festival de cores, um riso escrachado, um sonho acordado.

Você se foi!

 

Hoje vivo dias nebulosos e a única cor que restou foi o cinza da tristeza que me consome.

Não durmo mais, pois já não sonho.

A alegria foge de mim.

No rosto há uma desesperança estampada, pois, existe a certeza de que você não volta mais.

 

Conto os dias de sua partida e sofro.

Conto os dias sem você e percebo que vivo, mesmo com a sua ausência.

Então, como em um dia cinza e de tempestade, espero passar…

A nuvem dissipar e um sol raiar.

Quem sabe o arco-iris voltar e eu de novo sonhar!

 

FOTO: Ana Castro

 

Read More

O Tempo e a Rosa

*POR: Margareth Castro – Siga no Instagran: @notaseprosas

Na mão ou no coração,

A delicadeza e a emoção,

Que a beleza da rosa traz,

São capazes de transmitir paz!

 

Mesmo com o calejar das mãos

Ou as dores marcadas no coração,

A suavidade das pétalas e o perfume

Exalado pela rosa causam transformações.

 

As marcas nas mãos mostram o agir do tempo,

E a rosa, o contraste, o frescor, o encantamento

Que o envelhecimento não apaga,

E na memória, as lembranças afagam!

 

Foto: Divulgação livro “Velhice, Imagem, Memória – Representação Poética da Existência”

 

Read More

Pétalas

POR: Margareth Castro

 

Bem me quer, mal me quer…

Brincadeira de criança com uma flor do jardim.

Sentada ali, arrancando pétala por pétala ia imaginando o amor que chegaria.

 

O tempo passou…eu cresci!

Pelo meu jardim são lançadas, todos os dias, algumas sementes.

Eu não as escolho!

Cada um que passa deixa algo.

 

Uns voltam e regam o que semearam. Outros não têm o mesmo cuidado.

Algumas sementes se rompem, regadas pelas emoções se transformam em amores.

Outras, não. E são dores!

Algumas vezes, ervas daninhas crescem junto e tentam abafar o que de belo há de vir.

 

E como na infância, faço escolhas. Agora, talvez, menos na sorte.

Mas continuo brincando de bem me quer, mal me quer, só que…

Agora sem flores!

 

FOTO: Divulgação

Read More

Sarau Gotas Poéticas comemora seis anos com música e muita poesia

POR: Margareth Castro – Siga no Instagran: @notaseprosas

A noite desta quinta-feira, 29 de setembro, será de festa, muita música e poesia para comemorar os seis anos do Sarau Gotas Poéticas, realizado pela Assis Editora, em Uberlândia (MG). O evento acontece toda última quinta-feira do mês, às 19h, na rua José Antônio Teodoro, 76, no bairro Aparecida, com entrada franca.

Para esta noite, o tema escolhido foi “Flores Humanas”. A música ficará por conta do cantor André Fejó. Os poetas da noite são: Raquel Ordones, Rossana Spacek, Ruth Sousa e Valéria Teixeira. Outros poetas que quiserem participar é só levarem a sua poesia. Haverá espaço para a apresentação.

A editora Ivone Assis, idealizadora do Sarau Gotas Poéticas, comemora a data e diz que “fazer seis anos de um evento poético mensal é romper com todos os mitos de que ninguém valoriza cultura; é quebrar o estigma de que ninguém lê poesia. Isso é a prova mais concreta que há de que o povo aprecia o que é bom e pede bis”, enfatiza.

FOTOS: Divulgação

Convite dos seis anos do Sarau Gotas Poéticas

Convite dos seis anos do Sarau Gotas Poéticas

 

Read More

Sarau Gotas Poéticas faz homenagem ao Dia Mundial do Fotógrafo

Em homenagem ao Dia Mundial do Fotógrafo, comemorado em 19 de agosto, o Sarau Gotas Poéticas, realizado pela Assis Editora em Uberlândia, em sua 65ª edição, traz o tema “Retratos de Mim”. O evento acontece nesta quinta-feira, 25 de agosto,  às 19h, na rua José Antonio Teodoro, 76, no bairro Aparecida.

O musical da noite ficará por conta do artista Fernando Cunha e os poetas da noite serão Adriana Sousa, Aline Venâncio, Eudes Marques de Oliveira e Jorge Lima. A entrada é franca. Mais informações no (34) 3222-6033.

FOTO: Divulgação

Read More

A arte de mudar

POR: Margareth Castro

 

De repente, mudanças!

Quando criança, muita festança

Alegrias, brincadeiras, comilanças

 

Cresci, na bagagem algumas lembranças

Nas minhas andanças, esperança

No coração, muita confiança

 

Mudança. Outra cidade, nova vizinhança

Estudo, conhecimento e segurança

Amizades, amor e uma aliança

 

Mudança. Família, outra moradia e duas crianças

Sonhos, desejos, trabalho, coloco tudo na balança

E logo percebo que são elas a minha melhor herança!

Read More